Escola Básica de Fonte da Moura está como nova
09-01-2020
Cinco meses e cerca de 300 mil euros depois, está concluída a obra de requalificação da Escola Básica de Fonte da Moura, que complementou uma empreitada mais profunda realizada entre 2015 e 2017 com um orçamento global de 802 mil euros.

A intervenção visou a melhoria das condições de funcionamento e do bem-estar da comunidade educativa, que integra no atual ano letivo 27 crianças de jardim de infância e 139 estudantes do 1.º ciclo do ensino básico, totalizando 166 alunos.

Estes últimos trabalhos de requalificação, que o presidente da Câmara foi hoje ver, incluíram a substituição da cobertura do edifício existente e a criação de uma sala polivalente, através da ligação das duas coberturas existentes e fecho com caixilharia.

A introdução de melhoramentos imprescindíveis ao funcionamento da escola passou também pela colocação de cortinas "blackout" nas salas de aula, de modo a permitir projeções em quadros interativos, e melhorado o espaço de recreio, sendo pintados jogos tradicionais e ampliada para 221 metros quadrados a área de recreio coberto protegido.

Ficou assim concluída uma grande operação na EB de Fonte da Moura que veio dar sequência lógica aos vastos trabalhos que a empresa municipal GO Porto ali assegurou nos últimos anos, que passaram também pela renovação de todo o mobiliário escolar e material didático.

Refira-se que, no decurso da obra, e depois de desmontados os tetos falsos existentes, foi constatado que os elementos estruturais de madeira que os suportavam, assim como a estrutura principal do telhado, estavam infestados por pragas, carecendo de uma intervenção urgente para substituição integral por motivos de segurança estrutural, o que veio a ser concretizado e está agora concluído.

Durante o período mais profundo da intervenção, ao longo de cinco meses, a comunidade escolar da EB Fonte da Moura foi deslocalizada para a EB António Aroso, tendo o Município assegurado as deslocações diárias de ligação entre as duas escolas em autocarro.

O estabelecimento intervencionado está localizado na União de Freguesias de Aldoar, Foz do Douro e Nevogilde e pertence ao Agrupamento de Escolas Manoel de Oliveira.